fbpx

O Caso da Madhu no Hotel Home Green Home

Criei esta página para fazer um protesto. Um protesto contra a falta de qualidade e de respeito que sofri no Hotel Home Green Home, em Campos do Jordão, São Paulo.

No dia 24 de setembro de 2018 fiz uma reserva através da Airbnb de um apartamento do hotel citado. Paguei a hospedagem antecipadamente, reservando 4 dias para descansar com meu filho e minhas duas cachorrinhas.

Segue abaixo a imagem que comprova a reserva:

No dia anterior a viagem, quarta feira, dia 26 de setembro, a Madhu teve uma convulsão leve, algo em torno de um minuto e meio, a primeira convulsão da vida dela, e após ser levada no veterinário, foi medicada com corticóides e com valium.

Ela é uma cachorrinha frágil, com várias questões de saúde, já tinha tido uma pancreatite terrível e tinha alergias alimentares muito severas.

Perguntei a veterinária se poderia continuar com o plano de viajar e ela me instruiu dizendo que não haveria problema, desde que a Madhu fosse mantida medicada.

Tudo estava caminhando normalmente, cheguei na quinta feira bem tarde em Campos do Jordão, fiz o meu check in e verifique alguns aspectos que já me desagradaram. O quarto não tinha um fogão, não era possível preparar as comidas que levei. Sou vegetariano, meu filho também, então procuramos ficar em lugares que tenham uma mínima estrutura para preparo de alimentos.

As cobertas velhas, causaram alergia no meu filho que começou a espirrar logo na primeira noite.

Instalações antigas, mal cuidadas, um lugar que na verdade só é bonito na foto, batida com uma boa distância.

Café da manhã muito fraco, pouca diversidade, sem graça … eu meu filho olhamos a mesa e nem tivemos vontade de comer por lá, procuramos outros lugares, inclusive o Flat vizinho, que era excelente.

Campos do Jordão é uma cidade fantástica, realmente muito agradável ! É cara, mas vale a pena !

Visitar a Baden Baden é quase obrigatório, fiquei surpreso com a qualidade da comida !

Fiz poucas fotos do quarto do hotel, em algumas delas aparece a Madhu (que foi furtada) e a Kali, mãe dela.

“As meninas”, como eu meu filho costumamos chamar, estavam bem e deixávamos sempre uma fresta da porta da varanda aberta, para que elas pudessem “ir ao banheiro”, já que nunca faziam sujeira dentro do apartamento.

O fim de semana tinha sido agradável, e no domingo, dia 30 de setembro, já estávamos desacelerando e pensando que no dia seguinte sairíamos logo após o almoço.

Quando era aproximadamente 19:30 saímos do quarto e deixamos as meninas lá, como sempre deitadinhas em uma manta e com o aquecedor ligado. Subimos até a sala de snooker para jogar um pouco. Levei 1/3 de garrafa de vinho que estava aberta, torradas e patês … estava tudo transcorrendo tranquilamente.

Quando acabei o vinho disse para o meu filho aguardar um pouco pois eu ia pegar outra garrafa no quarto … quando desci apenas a Kali veio me receber e imediatamente achei que a Madhu estivesse caída em algum lugar do apartamento, revistei tudo muito rápido pois o local é pequeno e concluí que ela tinha sido furtada ou excepcionalmente poderia ter caído pela sacada.

A questão é que a sacada tinha madeiras com vãos pequenos e como mostra a foto abaixo uma cachorra não passaria por eles. Uma sacada muito alta e qualquer cachorrinha teria inclusive medo de chegar na beirada.

Na noite em que tudo aconteceu eu nem conseguia pensar direito. Sai procurando em todos os lugares, estava muito escuro e muito frio.

Eu disse a eles que seria impossível que ela tivesse caído, pois ela não passaria nos vãos e se caísse ficaria ali morta, sem a menor condição para se movimentar.

Nesse momento de desespero, ao invés do hotel prestar uma assistência adequada, começaram a inventar teorias alternativas para afastar a única realmente verossímil, que era o furto da Madhu.

Um casal extremamente gentil e solícito levou dois cachorrinhos deles até o local, para tentar farejar onde estaria a Madhu. Os bombeiros foram chamados, vieram em 6 soldados e vasculharam tudo com lanternas de grande potência. Naturalmente nada foi encontrado ! Os próprios bombeiros comentaram que a ideia da queda dela era absurda, que de forma alguma ela teria caído daquela altura e sobrevivido !

Não existiam câmeras no nosso corredor, as câmeras filmavam a porta de acesso, mas não o nosso corredor em si, de tal forma que é impossível saber o que realmente aconteceu ou se a Madhu foi furtada pela varanda ou por alguém que já estive no corredor do apartamento no qual eu estava.

A questão é que não cabe a mim explicar o furto, isso cabe ao hotel !!!

Juridicamente trata-se de uma relação de consumo, direito do consumidor, e o ônus de provar que não tenha sido um furto caberia a eles, mas foi !!!

O que é um furto ? É quando algo “de propriedade” de alguém é subtraído dessa pessoa, sem ameaça ou violência contra ela, ou seja, exatamente o que aconteceu !

Procuramos naquela noite até tarde por todo o hotel, mas a Madhu já havia sido muito bem escondida.

No dia seguinte eu sabia que não conseguiria encontrá-la, já estava com alguém, então fui até a delegacia e fiz o boletim de ocorrência !

Quando eu estava saindo do hotel, sentindo uma agonia, um desespero enorme, no checkout, ainda me cobraram 4 cafés e duas águas, parece brincadeira isso, é como você achar um bicho enorme na sua salada e o restaurante colocar ela na conta do mesmo jeito. Se o hotel tivesse o mínimo de bom senso e etiqueta, jamais faria isso !

Outra questão bastante séria é que o gerente não deu as caras, acompanhou o caso a distância, sem nem mesmo vir pessoalmente para prestar assistência.

Continuando o relato do evento, liguei muitas vezes perguntando para o hotel se ela tinha sido encontrada. Em momento nenhum o hotel me ligou para dizer que sentia muito ou providenciar algum tipo de suporte / amparo.

A atitude do hotel foi continuar negando o óbvio, a cachorrinha não saiu pela sacada, não caiu, ela foi efetivamente furtada !

Um hotel sério diria : – Sr, fique o tempo necessário sem nenhum custo adicional, vamos encontrar a sua cachorrinha !!! 

Esse hotel fez o checkout sem me oferecer nenhuma ajuda e ainda me cobrou o valor de R$ 32,00 reais …

Quando cheguei em Sorocaba, pedi para participar de vários grupos do facebook de Campos do Jordão e fiz muitos posts contando resumidamente a situação.

A intenção era tornar o caso conhecido e fazer com que a pessoa que furtou devolve-se a cachorrinha !

Fazer ela se tornar uma “batata quente”, para que a pessoa tivesse medo de ficar com ela e devolvesse.

Uma amiga fez contato com a TV Record e acabamos gravando uma reportagem sobre o caso.

A pressão foi aumentando e naturalmente a minha indignação com relação ao Hotel e ao suporte recebido também !

Foram vários posts até que a pessoa que furtou abandonou a cachorrinha a aproximadamente 1,5 km do hotel, ela foi encontrada LIMPA E SEM NENHUM HEMATOMA OU FRATURA. O que prova que ela não caiu de 10 metros de altura, não ficou exposta as noites frias de Campos do Jordão, não ficou 6 dias no relento !

Vejam abaixo a foto que a pessoa tirou no momento que encontrou e o laudo da veterinária feito no dia seguinte !

Fui avisado no sábado bem tarde sobre ela ter sido encontrada, e recebi duas fotos dela … confesso que chorei um bocado … de alegria !

Nesse momento tão difícil, pedi pra um casal amigo que fosse buscar a Madhu na casa da pessoa que a encontrou, O Dr. Edson e a Dona Vilma, eles pegaram a minha menina e eu buscaria ela em São José dos Campos no domingo, algo que não deu certo em função das eleições e de que o Dr Edson só viria na segunda feira.

As fotos abaixo foram tiradas na casa do Dr. Edson !

Observem, LIMPA, SEM HEMATOMAS, SEM FRATURAS, ATENTA !

Caminhando com a história … na segunda feira, dia 08 de outubro a Madhu voltaria para a casa, foi quando às 6:40 da manhã o Dr. Edson me ligou dizendo que ela estava tendo um convulsão horrível, que durou até quase 11 horas da manhã !!!

Ela foi atendida na clínica Bischos da Montanha, de Campos do Jordão, pela veterinária Karina, que foi super atenciosa e fez o possível pela Madhu !

Nesse dia gravei o vídeo ao lado, as cenas das convulsões são bastante fortes.

A Dr. Karina me disse que não adiantaria eu ir para Campos do Jordão buscar a Madhu, pois se ela fosse tirada da clínica não sobreviveria. Nessa situação a Dra Karina levou a Madhu para a casa dela, graças a Deus, pois quando era 1:30 ela teve uma crise respiratória e só foi possível estabilizar a coitadinha às 4 horas da manhã !!!

Combinei então com a Mônica, outra pessoa super solícita que se propôs a me ajudar, que ela traria a Madhu até São José dos campos no dia seguinte, terça feira.

A Madhu nessa situação era quase um vegetal … triste demais !

Foi uma viagem terrível, eu achei que viria de São José dos Campos para Sorocaba, mas no caminho a clínica de Sorocaba me disse que não teria condição para tratar de um caso assim, que seria impossível pra ela e me orientou a internar a Madhu imediatamente em São Paulo, em uma UTI.

Em muitos trechos cheguei a dirigir a 180 km/h … foi uma viagem horrível, tentando dar carinho a Madhu, voando com o carro e usando o celular para falar com as clínicas, transferir exames e descobrir o endereço para o qual eu iria … o Waze ajudando …

A clínica de São Paulo é extremamente qualificada, se a Madhu tivesse dado entrada em outro lugar com certeza teria morrido.

Os três primeiros dias das internações já somam mais de R$ 10.000,00 , mas a Madhu está evoluindo bem, tomando muitos corticóides, antibióticos, tendo os sinais vitais monitorados.

O Hotel foi informado que estes custos estão acontecendo … e adivinhem qual foi a manifestação do Hotel ???

NENHUMA !!! NÃO SE RESPONSABILIZAM POR NADA !!!
Lembrando o nome do Hotel: HOME GREEN HOME !

Ao invés do hotel se responsabilizar, ele insiste em teorias ridículas e não entende que TENHA ACONTECIDO QUALQUER COISA, a responsabilidade cível é deles de qualquer forma ! É uma questão de direito objetivo !

Não interessa a teoria estapafúrdia que seja inventada, mesmo que o hotel provasse que uma ave de rapina, levou um bicho preguiça até a sacada, esse bicho preguiça jogou a Madhu para um macaco e o macaco fugiu pela mata e protegeu a Madhu por 6 dias sem nenhuma arranhão e abandonou a Madhu a 1,5 Km, mesmo assim a Madhu teria sido furtada pelo bicho preguiça e mesmo assim a responsabilidade pelo episódio seria deles !!!!

Eu ridicularizo a situação porque é um absurdo que eles não entendam a responsabilidade que eles tem diante do fato !

Todo o problema que eu estou vivendo decorre do que aconteceu no hotel ! Se eles não sabem explicar o que ocorreu, isso é problema deles, fato é que eles não podem esperar entender o ocorrido para depois se responsabilizar, isso é ridículo !

Todos os dias me pedem para recontar esta história, então preferi criar esta página, agora vou passar o link dela para aqueles que quiserem entender tudo o que aconteceu.

A Madhu segue internada, apresentando alguns bons sinais, mas com comprometimentos neurológicos sérios, provavelmente ficará com sequelas.

Vou entrar com contato com todos os sistemas de reservas de hoteis, trivago, booking, airbnb, e vou relatar estes episódios, é direito deles saberem o tipo de atendimento que os clientes terão caso optem por esse estabelecimento.

Meu recado final para esse hotel é que nem todas as pessoas são indefesas, nem todas calam a boca quando são abusadas, algumas sabem reagir, tem condições para reagir, principalmente quando são atacadas naquilo que mais amam. Respeitem seus clientes, façam por eles aquilo que vocês gostariam que fosse feito por vocês. Não sejam frios e insensíveis, jamais terminei um caso simplesmente dizendo que “sentem muito” como vocês fizeram.

E haaaa…. mais um detalhe, sabem o que me fez criar está página que será indexada pelo Google e aparecerá sempre que perguntarem por vocês ?

O fato de que uma amiga comentou o meu post e vocês entraram em contato pelo messenger dizendo que ela teria consequências jurídicas muito sérias por se posicionar contra vocês. Ou seja, além de vocês não assumirem os seus atos e responsabilidades, ainda tentam calar a boca das pessoas. Parábens, ganharam esta página como resposta a mais esse desrespeito. Qual será o próximo ?

Peço a todos que compartilhem esta página e deem visibilidade aos fatos.

Obrigado !!!

Fábio Almagro / Lucas Almagro / Kali e Madhu   – A MINHA FAMÍLIA !

Última foto recebida da clínica … A Madhu saiu da UTI !!!
Não sabemos como serão as sequelas neurológicas, mas faremos de tudo para salvar a Madhu e dar qualidade de vida pra ela !

Obrigado a todos aqueles que acompanharam e procuraram ajudar nessa situação !