fbpx

20. Ayurveda – Tratamentos – Swedana

20. Ayurveda – Tratamentos – Swedana

Estimular o fogo sistêmico (agni) do corpo para “desgrudar” toxinas (ama) e expulsa-las pela pele através do suor é uma prática milenar e essencial na Ayurveda. Esta modalidade de terapia ayurvédica é chamada de Swedana e pode ser traduzida como a terapia do suor – conhecido popularmente como sauna.

Tanto na visão oriental quanto na ocidental, o suor é considerado uma ferramenta reguladora do corpo com função não apenas relacionada com o equilíbrio da temperatura, mas também como uma maneira de eliminar resíduos e materiais perniciosos que prejudicam o bom funcionamento do organismo.

No tratamento ayurvédico, o Swedana é realizado sempre após o Abhyanga (massagem) e nunca como uma prática isolada, além de preconizar o uso de ervas e óleos essenciais específicos para cada pessoa (Dosha) e não permitir que a cabeça receba o calor ao mesmo tempo que o corpo – apenas uma modalidade permite a cabeça dentro da sauna.

Benefícios e indicações:

– desintoxicação da pele e do tecido gorduroso: o calor perturba e agrava o tecido gorduroso (Medovahasrota) forçando que este excesso transborde e seja eliminado através do suor pela pele

– como parte do Panchakarma (processo de desintoxicação profunda de todo o corpo)

– como terapia de rejuvenecimento

– sensação de peso no corpo, sobrepeso, cansaço e letargia

– sensação de frio provocado por resfriados e por constituição Vata (Dosha)

– insônia, estresse, dores de cabeça

– para eliminar o excesso dos três doshas, especialmente desequilíbrios Vata e Kapha

– apetite deficiente e digestão lenta ou ineficiente

– reumatismo e artrite

– doenças respiratórias como asma, bronquite, renite e sinusite

– dores e rigidez articulares

-hemorróidas

Existem treze tipos de Swedana descritos pela Ayurveda, com inúmeras variações de modalidades que vão desde a aplicação de calor local através de compressas e banhos quentes de imersão até saunas em construções elaboradas e abastecidas com madeira especial: Sankara, Prasthara, Nadi, Parisheka, Avagahana, Jentaka, Kuti, Ashmagna, Bhu, Kumbhika, Karshu, Holaka e Kupa.

Estas modalidades podem ser classificadas em três grupos principais:

Sauna seca: Karshu (é feito um buraco na terra onde é feito o fogo e quando está livre de fumaça, uma cama é colocada sobre o buraco e coberta com cobertores), Kuti, Bhu, Holaka, Kupa e Ashmagna* (pedras quentes ).

Sauna com vapor: Prasthara* (ervas quentes em compressas de seda ou algodão sobre o corpo), Nadi * (aplicação de vapor local com vaporizador), Parisheka, Avagahana, Jentaka* (sauna em que a pessoa entra completamente em um ambiente contendo vapor de ervas)

Sauna local (utilizam outros materiais além de água e ervas): Sankara (Pinda Sweda e Patra Potali estão incluídos), pode ser de aplicação local ou sistêmica.

Nossa Swedhana, que desenvolvemos para o Espaço Arjuna !

19. Ayurveda – Tratamentos – Pinda Sweda

19. Ayurveda – Tratamentos – Pinda Sweda

O Pinda Sweda é uma massagem feita com trouxinhas quentes de arroz previamente preparado com ervas tonificantes, nutritivas e leite.

Por ser um tratamento altamente nutritivo e relaxante, é indicada para:

Todas as doenças de Vata, elimina as obstruções, estimula a circulação sanguínea, remove dejetos do corpo, aumenta Pitta, fortalece a digestão e aumenta Ojas*.

É uma forma de Swedana (calor) e torna o corpo flexível, remove a rigidez e o edema das articulações.

Tonifica o corpo deixando-o forte, vigoroso e bem desenvolvido e nutre a pele promovendo brilho e beleza.

É muito rejuvenescedor, melhorando o funcionamento dos sentidos.

As pequenas trouxinhas de arroz são aplicadas quentes sobre todo o corpo após uma massagem com óleo.

A técnica beneficia o alívio de várias desarmonias como: reumatismo, osteoartrite, gota, contraturas musculares, paralisias, sistema nervoso  e outras que tem a Pinda como indicação.

Indicações:

– Doenças do sistema nervoso

– Sequelas de AVC (derrame)

– Trabalha tonificando a musculatura

– doenças degenerativas como distrofia muscular progressiva

– Dificuldade de movimentação e confusão nos sentidos.

Contra indicações:

– Excesso de ama (toxinas) no corpo

– Condições kapha como obesidade e letargia

– Pessoas com pele muito oleosa e acneica.

Previne o sono excessivo por promover um sono mais profundo, insônia, hipertensão arterial, diabetes, problemas de pele e rugas.

* substância sutil que produz a sensação de felicidade, contentamento e prazer em nosso corpo, pode ser representada pela serotonina na medicina ocidental.

A Ayurveda e os horários do dia

A Ayurveda e os horários do dia

A medicina Ayurvédica explica isso por meio das fases do dia, de acordo com a influência dos doshas, ou humores biológicos.

Além de estarem presentes no nosso organismo, os doshas – Vata, Pitta e Kapha – estão presentes na natureza, nas estações do ano e no ciclo de cada dia.

Comer no horário sobre a regência de kapha, depois das 18h, agrava esse dosha e um dos sintomas de kapha agravado é o ganho de peso.

Para o Ayurveda o dia é dividido mais ou menos assim: das 6h às 8h estamos saindo da influência de Vata para a predominância de Kapha.

Por isso o ideal é, para quem toma café da manha, não fazer a refeição depois das 8h. Das 8h às 10h, Kapha está fortemente ativo. Às 11h começa a transição para o período Pitta.

Ao meio dia Pitta está a todo vapor, por isso é muito bom para a digestão almoçar às 12h, porque esse dosha corresponde à força do nosso agni, do nosso fogo digestivo.

A partir das 14h até às 15h estamos entrando em Vata novamente. Das 15 às 18h, Vata impera. Das 18h às 22h voltamos ao período Kapha, quando devemos evitar refeições pesadas e oleosas.

De 22h até meia noite começa a transição para Pitta. Pitta está forte de meia noite até às 3h da manha.

É importante estar com o estomago vazio a partir das 22h, para, quando Pitta começar a predominar à meia noite,  poder metabolizar nutrientes e excretar toxinas sem dificuldade. Logo, além de engordar, comer muito e depois das 20h dificulta o trabalho do organismo e isso pode gerar acúmulo de toxina.

Das 3h da manha até às 6h estamos sob a influência de Vata, o dosha do movimento, da fluidez, por isso o ideal é levantar antes das 6h, antes do sol nascer, para ter um dia com bastante energia e prana circulando.

É muito comum ficarmos sonolentos durante todo o dia se levantamos tarde, porque o sono invade o período Kapha, que em estado agravado gera letargia.

Na literatura Ayurvédica, existem divergências acerca dos horários, podendo variar em média uma hora, de acordo com os autores. Mas é quase consenso que, no primeiro ciclo do dia, às 9h Kapha predomina, às 12h Pitta impera, às 15h Vata é que está forte.

Já na segunda metade do dia, às 18h Kapha volta a predominar, à meia noite, Pitta retorna a se fortalecer e às 3h da manha, Vata é o dosha dominante.

Viver de acordo com esses horários é conectar-se com a natureza, com a nossa essência.

Naturalmente, respeitando os períodos do dia, nos aproximamos de um estado mental e físico de mais saúde.

21. Ayurveda – Tratamentos – Panchakarma

21. Ayurveda – Tratamentos – Panchakarma

Ao longo dos anos, com os hábitos alimentares ruins, má digestão de emoções e sentimentos, tendemos a acumular toxinas no sistema digestivo e estes órgãos, impregnados de toxinas – que formam camadas em suas paredes- ficam com sua capacidade de absorção dos nutrientes prejudicada.

Para o Ayurveda, o primeiro estágio do que chamamos de doença começa com os pequenos problemas de digestão: gases, indigestão, sensação de queimação após refeições entre outros.

Após este estágio, a agravação dos problemas digestivos extravasa para os tecidos do organismo e gera doenças mais graves. Na visão da medicina ocidental a doença só existe depois de instalada em algum órgão ou tecido específico.

Por isso a importância de olharmos para as doenças como o Ayurveda, para termos a chance de nos prevenir e cuidar mais de nossa saúde.

O Panchakarma é um tratamento indicado para tratamento de doenças, prevenção e manutenção da saúde. “Pancha” significa cinco e “karma” significa ação; são cinco terapias utilizadas para eliminação de toxinas e fortalecimento dos tecidos:

Vamana (vômito terapêutico): elimina toxinas armazenadas no estômago;
Virechana (diarréia terapêutica): elimina toxinas do fígado e intestino delgado;
Bastis (enemas): elimina toxinas no cólon;
Nasya (limpeza nasal): limpeza dos seios da face e tratamento para a mente;
Rakta mokshana: limpeza do sangue.

Estas ações são realizadas de acordo com as necessidades de cada paciente, portanto nem sempre as cinco ações são utilizadas, variando caso a caso. Para realização do Panchakarma o paciente passa uma avaliação com um médico especialista em Ayurveda para definir qual o tratamento mais adequado.

O Panchakarma também pode ser considerado um tratamento de rejuvenescimento. Não no sentido estético propriamente, mas no sentido de prolongar a vida e fornecer real vitalidade aos nossos tecidos. Esta é a concepção real de longevidade para o Ayurveda.

Efeitos do Panchakarma:
– melhora no metabolismo, no funcionamento do fogo digestivo (agni);
– órgãos dos sentidos mais apurados;
– melhora da vitalidade e resistência física;
– sensação de leveza e equilíbrio mental;
– limpeza das emoções e pensamentos negativos;
– aumento do vigor sexual;
– rejuvenescimento.

Apesar deste não ser o foco do tratamento, algumas pessoas buscam o Panchakarma para emagrecer, em alguns casos temos perda de peso como um reflexo desta melhora na capacidade de digestão. Além disso, o tratamento nos faz rever nossos hábitos alimentares e criar mudanças significativas em nossas vidas, limpando não somente os conteúdos físicos mas também emocionais e mentais.

Contra-indicações ao tratamento:
– durante a gravidez ou logo após o parto;
– idosos debilitados;
– crianças;
– algumas doenças graves;
– anemia severa.

10. Saiba mais sobre Pitta – Indicações

10. Saiba mais sobre Pitta – Indicações

-Para Pitta se reequilibrar devemos oferecer as qualidades opostas a quente, oleoso e penetrante (intenso).

Esfriar. Esfriar é a qualidade mais importante para Pitta. Isso significa ingerir alimentos de preferência frios como água de coco, sucos de frutas (só não as ácidas) e também esfriar psicologicamente. Pitta precisa de momentos de descanso e sem stress para esfriar o organismo.

Dar preferência aos alimentos doces, amargos e adstringentes.

Evitar o sol muito quente. E quando estiver quente como no verão, tomar caldo de cana gelado ou coco gelado.

Para desintoxicar, fazer um dia de monodieta de arroz integral. É muito benéfico também para Pitta o suco de babosa. Bater duas colheres de sopa de babosa sem casca com água e erva doce. Isso alivia os sintomas de Pitta e também purifica o sangue.

Se for possível, manter o intestino delgado, que é a sede de Pitta, sempre limpo. Uma vez por mês pode tomar um laxante suave como chá de sene. Mas também é bom que um terapeuta explique como proceder.

Após o banho passar algum óleo vegetal com aromas calmantes como rosa mosqueta, romã, lavanda no rosto, orelha e pescoço. Esse simples ato é extremamente calmante para Pitta.

03. Os Gunas: Satvva, Raja e Tama

03. Os Gunas: Satvva, Raja e Tama

Para compreender os Gunas: Satvva, Raja e Tama, a escola Samkhya descreve como o universo se manifesta e se estrutura.

No princípio existe Purusha e Prakruti.

Purusha é o espírito, a consciência universal, puro, sem manchas.

Prakruti é o princípio material. Essa matéria é auto existente porém imóvel. É na presença do Espírito Universal que a matéria entra em movimento e é desse movimento que surgem e se desenvolvem todas as formas materiais existentes.

Dentro da matéria existem três princípios inerentes, que a partir do contato com o Purusha, estão em constante movimento na matéria.

Satvva, Rajas e Tamas são estes princípios.

Satvva – é a pura essência da luz, a ação correta, o propósito espiritual, é o espaço claro e limpo, é a percepção, o conhecimento.

Rajas – é o princípio do movimento, mudança, excitabilidade, transformação, é o movimento da atenção de um objeto a outro.

Tamas – é a inércia, escuridão, sólido, ignorância, resistente ao movimento.

No movimento da matéria causado por Purusha Satvva, Rajas e Tamas se desdobram e formam a parte mais sutil do ser humano.

Satvva da origem a consciência individual, Budhi. Rajas é o preceptor do ego, Ahamkara, e Tamas da mente Manas.

Além da consciência, ego e mente as três formas iniciais da matéria Satvva, Rajas e Tamas dão origem aos órgãos dos sentidos, órgãos de ação e a parte sutil dos cinco elementos básicos.

13. Saiba mais sobre Kapha – Características

13. Saiba mais sobre Kapha – Características

Kapha – Água e Terra

Formado pelos elementos Água e Terra, Kapha é quem dá estrutura física para o corpo. Toda estrutura corporal é constituída por Kapha. Além da estrutura, Kapha dá coesão ao corpo, mantendo todas as partes do corpo, de uma célula a tecidos e ossos, juntos.

Seus atributos são estabilidade, peso, lentidão, oleoso, frio, viscoso, macio, branco ou róseo. Está localizado na sede de produção, o estomago, pulmões, líquido sinovial, plasma, língua, nariz e linfonodos. Suas funções são o crescimento celular.

É a Kapha quem proporciona anabolismo no corpo, firmeza, resistência, estabilidade, lubrificação, umidade, maciez, fertilidade e vigor sexual, resistência as doenças, aumenta a imunidade, retenção de memoria.

Pessoas de constituições predominantemente Kapha são mais estruturadas e com tendência a ganhar peso. Do mesmo modo são pessoas que quando se propõe a fazer exercício ganham massa muscular rapidamente.

Costumam ter uma digestão mais lenta e se exageram na refeição, sentem peso e dificuldade para digerir. Costumam ter bastante cabelo e ossatura mais larga.

Emocionalmente, são pessoas mais tranquilas e calmas. Podem ficar por longos períodos fazendo a mesma coisa sem se irritar ou ficar impacientes. Em desequilíbrio, pode se tornar possessivo, ganancioso e guardar mágoa sem conseguir se expressar.

No desequilíbrio a calma e paciência se tornam preguiça e falta de motivação.

06. Saiba mais sobre Vata – Indicações

06. Saiba mais sobre Vata – Indicações

Saiba mais sobre Vata – Indicações
O principal é tratar as qualidades principais de Vata que são: seco, frio e irregular.

Oleação. Vata deve receber oleação contínua (3 vezes por semana no mínimo). Isso pode ser feito recebendo Abhyanga (massagem tradicional do Ayurveda) ou em casa. O importante é que seja com óleo vegetal, de preferência de gergelim. Esse óleo deve ser aquecido. Essa simples medida é extremamente eficiente para equilibrar Vata.

Esquentar. Se manter quente é uma ótima ação para se manter em equilíbrio, especialmente as extremidades do corpo. Em casos de agravamento e muito cansaço pode ser feito um escalda pé. Outra ação simples, mas de muito valor Vata.

Alimentação nutritiva.  A alimentação deve ser quente e oleosa. Além disso deve ser um alimento de fácil digestão. Especiarias como gengibre, pimenta do reino, cardamomo e canela são boas para Vata e deixam os alimentos mais fáceis de digerir.

Descanso. É necessário saber a hora de descansar. Dormir no mínimo 7 horas por noite e dormir antes das 23h00.

Meditação. Meditação é uma técnica essencial para todos os seres humanos, mas Vata se beneficia especialmente. É importante ter um momento de recolhimento dos sentidos, acalmar a mente especialmente nas agravações mentais.

Exercícios. Devem ser moderados e com menos ênfase aeróbia. Podem ser mais de sustentação como no Yoga ou de força.

Bastis caseiros. Esse é um processo que nutre e limpa o cólon (sede de Vata) o que é extremamente benéfico e preventivo de desequilíbrios Vata. Antes dessa aplicação um terapeuta qualificado deve explicar exatamente como fazer.

Sauna úmida. Sauna úmida por 10 minutos (principalmente após a massagem) é uma ótima ação de equilíbrio.

Leite quente integral (orgânico) com especiarias (como canela e gengibre) e açúcar mascavo antes de dormir. Se houver agravações mais claras como constipação acrescentar uma colher de sopa de ghee.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Entenda o Espaço Arjuna, saiba o que fazemos aqui !

Espaço Arjuna: difundindo cultura indiana com respeito, ética e seriedade.
O Espaço Arjuna é uma escola relacionada a cultura indiana. Formamos Professores de Yoga, Terapeutas em Ayurveda, Massoterapeutas, Meditantes e defendemos valores que nos são muito importantes, como o Vegetarianismo e questões relacionadas a sustentabilidade. Considerando que normalmente nossos alunos são de outras cidades, temos hospedagem e restaurante no local. Nossa base te trabalho fica em Sorocaba-SP.
Somos credenciados pela Yoga Alliance da Austrália, pela Yoga Alliance da Itália e
pela EYBV e International Academy of Ayurveda através da Escola Yoga Brahma Vidyalaya.

05. Saiba mais sobre Vata – Características

05. Saiba mais sobre Vata – Características

Vata – Éter e Ar. 131221706933
É o princípio do movimento no corpo. Vata é energia cinética. Todo movimento que acontece no organismo é realizado por Vata.

Por ser composto de Ar e Éter, é invisível, não tem cor. Percebemos Vata quando há movimento presente. Seus atributos mais importantes são o movimento, que é o mais importante, a instabilidade, a secura, o frio, a leveza e a aspereza.

Vata não tem cheiro. Quando percebemos essas características no corpo como secura da pele por exemplo, movimentos ou tremores involuntários, perda de peso, é porque Vata está presente.

No corpo, está localizado principalmente no intestino grosso onde é produzido, cintura pélvica, cabeça, ossos, ouvidos e pele. Pessoas predominantemente Vata tendem a ser pessoas leves com dificuldade em ganhar peso. Tem um apetite irregular e tem mais facilidade para problemas de má absorção dos alimentos.

Tem também, por causa do elemento Ar abundante no corpo, tendência para que o corpo tanto interno, como externo, fique mais seco. Daí surge intestino preso, pele seca, olhos irritados.

Pessoas Vata costumam ter uma ótima imaginação e criatividade. Tem facilidade para juntar diferentes informações em um mesmo processo criativo. Porém, por serem muito instáveis e dispersos tem dificuldade para levar uma tarefa até o final.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Entenda o Espaço Arjuna, saiba o que fazemos aqui !

Espaço Arjuna: difundindo cultura indiana com respeito, ética e seriedade.
O Espaço Arjuna é uma escola relacionada a cultura indiana. Formamos Professores de Yoga, Terapeutas em Ayurveda, Massoterapeutas, Meditantes e defendemos valores que nos são muito importantes, como o Vegetarianismo e questões relacionadas a sustentabilidade. Considerando que normalmente nossos alunos são de outras cidades, temos hospedagem e restaurante no local. Nossa base te trabalho fica em Sorocaba-SP.
Somos credenciados pela Yoga Alliance da Austrália, pela Yoga Alliance da Itália e
pela EYBV e International Academy of Ayurveda através da Escola Yoga Brahma Vidyalaya.

01. O que é Ayurveda ?

01. O que é Ayurveda ?

O que é Ayurveda?
Ayurveda em sânscrito significa a ciência da vida. (Ayur – Vida, Vedas – Conhecimento, estudo)

Desse modo esse sistema de medicina se interessa por nada menos do que por tudo que está relacionado a vida.

O objetivo do Ayurveda é que cada um possa cumprir seu papel nessa vida. Quanto mais saudáveis e equilibrados estivermos, melhor cumpriremos nossas tarefas e melhor expressaremos nossos dons. Através do conhecimento da vida podemos focar toda energia na evolução do ser e não em doenças e desequilíbrios recorrentes.

Ao contrário da medicina ocidental tradicional, que tem como objetivo a supressão dos sintomas através de tratamentos instantâneos, o Ayurveda tem como objetivo tratar a causa do sintoma.

Os tratamentos em geral consistem em curar e eliminar o que está desequilibrando o indivíduo e depois descobrir quais estímulos na vida da pessoa trazem esses desequilíbrios. É por isso que esse estudo é um estudo da vida na sua forma mais ampla.

As filosofias que se originam na Índia são extremamente belas e no que se trata de conhecer a vida são riquíssimas.

Existem nove escolas filosóficas principais, conhecidas como Darshan. Darshan vêm da raiz sânscrita Drish que é ver.

Essas nove escolas podem ser interpretadas como nove pontos de vista sobre a vida. Esses pontos de vista exploram desde a criação dos cosmos e a Energia Criadora até o menor átomo que compõe o corpo humano.

Das escolas filosóficas 6 estão nos livros sagrados indianos, os Vedas e três são não Védicos.

As não védicas são Chakrantismo (Lokayata), Jainismo e Budhismo. As 6 escolas Védicas, Shad Darshan, são o Samkhya, Yoga, Vedanta, Mimansa, Vaisesika, Nyaya.

A ciência do Ayurveda se baseia nos Shad Darshan, mas principalmente no Samkhya e no Yoga.

Samkhya significa compreender, conhecer a Verdade. Aqui vamos apresentar muito brevemente um pouco da filosofia Samkhya.

Samkhya é uma linda escola filosófica e pode trazer muitas respostas para aqueles que a procuram, porém não é nosso objetivo entrar a fundo nesse tema.¹

¹ Para aqueles que se interessam mais pelo assunto existe um livro que aprofunda mais esse assunto, de um modo compreensível. Chama-se “Filosofias da Índia” do professor Enrich Zimmer.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Entenda o Espaço Arjuna, saiba o que fazemos aqui !

Espaço Arjuna: difundindo cultura indiana com respeito, ética e seriedade.
O Espaço Arjuna é uma escola relacionada a cultura indiana. Formamos Professores de Yoga, Terapeutas em Ayurveda, Massoterapeutas, Meditantes e defendemos valores que nos são muito importantes, como o Vegetarianismo e questões relacionadas a sustentabilidade. Considerando que normalmente nossos alunos são de outras cidades, temos hospedagem e restaurante no local. Nossa base te trabalho fica em Sorocaba-SP.
Somos credenciados pela Yoga Alliance da Austrália, pela Yoga Alliance da Itália e
pela EYBV e International Academy of Ayurveda através da Escola Yoga Brahma Vidyalaya.